Você está aqui: Página Principal

Reunião debate soluções para a crise hídrica em Santa Teresa e São Roque do Canaã

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Santa Teresa, participou da reunião do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Doce (CBH-Doce) na quinta-feira (20/04). O objetivo foi debater os efeitos da estiagem, o que levou ao acionamento do plano emergencial de alternatividade na irrigação nas duas cidades.
 
“A participação do MPES nessas reuniões é importante porque a crise hídrica assolou os dois municípios e trouxe graves consequências, razão pela qual adotamos diversas providências. Acompanharemos de perto todas as reuniões”, explicou a promotora de Justiça Vera Lúcia Murta Miranda.
 
Foi agendado novo encontro para o dia 26 de abril, às 9 horas, na promotoria de Justiça de Santa Teresa, com o diretor da Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH), Paulo Paim, objetivando a melhora do cumprimento das normas estabelecidas no Acordo de Cooperação Comunitária (ACC). Em outro viés, o MPES e a AGERH realizarão nos próximos meses capacitações para policiais militares ambientais que atuam ao lado da Agência na fiscalização do cumprimento dos ACCs.
 
Participaram da reunião na Promotoria de Justiça os secretários de Meio ambiente e Agricultura dos municípios de Santa Teresa e de São Roque do Canaã, representantes do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), da AGERH, do Instituto Terra, do Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental (Sanear), da Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e a nova Diretoria do Comitê de Bacia do Rio Doce.