Você está aqui: Página Principal

MPES denuncia vereador de Pedro Canário por improbidade administrativa

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Norte) e da Promotoria de Justiça de Pedro Canário, ajuizou Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa em face do presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Pedro Canário e de um servidor.
 
O vereador utilizou indevidamente veículos e verbas públicas pertencentes à prefeitura de Pedro Canário para prestação de serviços particulares, de interesse pessoal, familiar, de amigos e terceiros. O MPES pediu a indisponibilidade dos bens dos envolvidos com o objetivo de assegurar o ressarcimento do dano, multa civil e dano moral coletivo.