Você está aqui: Página Principal

OPERAÇÃO SALÁRIO AMIGO - NOTA 3

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), informa que a vereadora de Linhares Rosa Ivania Euzebio dos Santos, que foi presa na Operação Salário Amigo, foi denunciada incursa 33 vezes no artigo 316 do Código Penal, por exigir, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, vantagem indevida, na forma do artigo 71, que prevê crime continuado.

A Operação Salário Amigo, deflagrada na segunda-feira (26/02), tem como objetivo combater o crime de corrupção, por meio da prática do que se conhece popularmente como “rachid”, quando um político que exerce um determinado mandato exige para si parte do pagamento de servidores como condição para a obtenção ou manutenção do trabalho. As investigações continuam sob sigilo.