Você está aqui: Página Principal

MPES denuncia proprietário de padaria por venda de produtos vencidos em Nova Venécia

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Nova Venécia, denunciou o proprietário da “Padaria e Hortifrúti Barollo” pela comercialização de produtos impróprios para consumo. Em abril de 2018, o MPES esteve no local com uma equipe de vigilância sanitária e dois policiais. Foram encontrados produtos como carnes, pães, ovos, salsichas, cremes de queijo, enlatados, peças de presunto e bacon, sucos, embalagens de café e até botijões de gás de cozinha com armazenamento inadequado, data de validade vencida e sem informações suficientes em relação ao uso, entre outras irregularidades.
 
Diante do que foi constatado, o MPES requer a condenação do denunciado pela prática continuada de crime contra as relações de consumo e crime contra a ordem econômica. Requer, também, que seja inscrito na dívida ativa da União e tenha os direitos políticos suspensos, além da condenação ao ressarcimento em valor mínimo de R$ 100 mil.