Você está aqui: Página Principal

Primeira fase do projeto “Sanear Águas é Preservar Vidas” é encerrada em Domingos Martins

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Domingos Martins, em parceria com o Instituto Kautsky, encerrou a primeira fase do Projeto “Sanear Águas é Preservar Vidas”. As atividades foram desenvolvidas em duas comunidades do município, São Miguel e Pedra Branca, com o objetivo de desenvolver ações para conscientização, orientação e implantação de um sistema de tratamento de esgoto doméstico eficaz e de baixo custo.

O encerramento das atividades contou com a presença do promotor de Justiça do MPES Evaldo Teixeira; da diretora-presidente do Instituto, Kautsky Valéria Simon Kautsky; da assessora executiva do Instituto Kautsky e coordenadora do Projeto, Fátima Cristine Sant’Anna Feitosa; da bióloga do Instituto Kautsky e colaboradora do projeto, Alessandra Bosser Pope; de diretores e professores da Escola Eugênio Pinto Sant’Anna; e de moradores das comunidades.

O projeto conta com a participação direta da população em cada ação desenvolvida. É necessário que os cidadãos se conscientizem como uma parte integrante do meio ambiente no papel de agentes transformadores. Além de promover a manutenção da saúde humana, o “Sanear Águas” já implantou 194 biodigestores e caixas de gordura e despoluiu 20 quilômetros de cursos hídricos.  Os recursos financeiros foram captados por meio de prestações pecuniárias propostas pelo MPES a infratores ambientais, em Domingos Martins, em audiências realizadas nos processos judiciais abrangidos pela Lei nº 9.099/95 (Juizados Especiais Criminais), perante o Judiciário local.?

O promotor de Justiça Evaldo Teixeira aproveitou o momento para agradecer a todos os envolvidos no projeto. “Além da consciência coletiva de proteção aos nossos mananciais e águas, nosso objetivo é resgatar em cada um o sentimento de satisfação em realizar algo que é muito bom para as comunidades e gerações vindouras”, salientou.

A segunda fase do “Sanear Águas é Preservar Vidas” preparará o cadastro e em seguida a implantação dos biodigestores na comunidade de Califórnia e às margens do Rio Jucu, no trajeto de São Miguel até a sede do município de Domingos Martins.