Você está aqui: Página Principal

Grupo Permanente discute direitos das pessoas em situação de rua

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa Comunitária (Caco), realizou, na sexta-feira (15/02), uma nova reunião do Grupo de Trabalho de População em Situação de Rua, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, em Vitória. O encontro discutiu a construção e consolidação de uma rede de proteção às mulheres em uso de substâncias psicoativas.

A dirigente do Caco e procuradora de Justiça do MPES, Célia Lucia Vaz de Araújo, ressaltou a importância da atuação ministerial para incentivar o diálogo e o fortalecimento de um espaço para discutir políticas públicas em relação ao tema. “O nosso trabalho é atuar em prol da dignidade humana e lutar pela qualidade e efetividade dos serviços públicos prestados a essa população”, destacou.

O encontro contou com a palestra da assistente social do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (Hucam) Gediane Rangel, seguida de debate realizado pela professora pós-doutora em Ciências Sociais Aplicadas e assistente social Maria Lúcia Teixeira Garcia.

O grupo se reúne bimestralmente há três anos e os encontros contam com integrantes do MPES, secretários de Assistência Social dos municípios e outros profissionais das prefeituras que desenvolvem serviços públicos voltados a esse grupo populacional.

Confira as fotos.