Você está aqui: Página Principal

PGJ Itinerante vai à lagoa Juparanã em Linhares

A segunda edição do projeto PGJ Itinerante foi encerrada na quinta-feira (21/03), com visita à Lagoa Juparanã, em Linhares. O objetivo foi verificar denúncias recebidas de poluição, bem como analisar os impactos causados pela barragem construída pela Samarco no Rio Pequeno, vazadouro da lagoa, após o desastre de Mariana. O procurador-geral de Justiça, Eder Pontes da Silva, foi acompanhado pela promotora de Justiça Mônica Bermudes Medina Pretti, coordenadora do Grupo de Trabalho de Recuperação do Rio Doce (GTRD), e membros da Administração Superior.

Foto 1

Outra motivação para a visita à lagoa foi a recente criação das seis coordenadorias do Rio Doce. A partir de ato normativo assinado na quarta-feira (20/03) pelo PGJ, o trabalho de atuação do MPES será dividido por bacias hidrográficas, somando esforços para a recuperação do Rio Doce e preservação das lagoas da região.

Foto 2

“O Rio Doce e as lagoas de Linhares representam um patrimônio ambiental importantíssimo para a sociedade capixaba e precisam da nossa atenção e atuação. O MPES avança, criando, além das coordenadorias por bacias hidrográficas, as coordenadorias temáticas para cuidar dos resíduos sólidos, qualidade do ar, patrimônio histórico e hídrico”, salientou Eder Pontes da Silva.

PGJ Itinerante

O propósito do PGJ Itinerante é de atuar administrativamente à distância e despachar todos os expedientes a cargo do gabinete. Além disso, o projeto tem como objetivo manter a interlocução por meio de conversas e debates com os membros a fim de compreender a dimensão das atividades de cada unidade.

O projeto PGJ Itinerante está ligado ao objetivo estratégico de “promover um bom ambiente de trabalho e orientado a resultados”, em consonância com os objetivos de “fortalecer a comunicação com a sociedade” e “promover a atuação integrada com os setores público, privado e sociedade civil”.

Leia como foi a chegada do PGJ Itinerante a Linhares

Leia como foi a visita à Rio Bananal e Jaguaré

Confira o vídeo do primeiro PGJ Itinerante