Você está aqui: Página Principal

MPES participa de ação interativa sobre violência doméstica com estudantes 

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo, por meio do Núcleo de Enfrentamento às Violências de Gênero em Defesa dos Direitos das Mulheres (Nevid) e do Núcleo de Proteção aos Direitos Humanos (NPDH), participou, na sexta-feira (29/11), da realização da mostra interativa "Nem tão doce lar", promovida na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor João Loyola, no município da Serra. A ação é uma iniciativa da Fundação Luterana de Diaconia (FDL), por meio da Associação Albergue Martim Lutero.

A exposição teve como objetivo promover a reflexão sobre a temática da violência doméstica e familiar contra as mulheres e levar informações e orientações para combater essa prática. A mostra apresentou uma ação interativa e integrativa com os alunos da escola, a partir simulação de um ambiente doméstico com sinais da ocorrência de episódio de violência doméstica contra a mulher. Os trabalhos foram conduzidos por facilitadores, capacitados na última quinta-feira (28/11) por representante da FDL. A qualificação foi promovida na Procuradoria-geral de Justiça, na salão de capacitação do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do MPES. 

A abertura da Mostra contou com a presença da Procuradora de Justiça, Catarina Cecin Gazele, coordenadora do NPDH; do Promotor de Justiça Flavio Campos Dias; e da Promotora de Justiça Claudia R. Santos Albuquerque Garcia, coordenadora do Nevid. Também estiveram presentes a Subsecretária Estadual de Políticas para Mulheres, Juliane Barroso; a Secretaria de Políticas para Mulheres da Serra, Luciana Malini; e a Presidenta do Conselho Municipal da Mulher Serrana, Norma Aparecida Ramos.

A coordenadora do Nevid, Claudia Garcia, ressaltou a importância dos parceiros que contribuíram para o sucesso do evento. “Agradecemos a todos os parceiros que contribuíram para o resultado do trabalho, sem qualquer tipo de imposição ideológica, ao contrário, respeitando a laicidade do estado e a possibilidade de que todas e todos participem, independentemente de suas crenças, em prol de um objetivo maior: a eliminação de toda forma de violência contra as mulheres. Agradecemos também ao Diretor Ramon Barcellos, da EEFM Professor João Loyola pela acolhida e parceria”.

Representantes do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Mulher do Estado do Espírito Santo (Cedimes); do Centro de Referência no Atendimento Especializado à Mulher em Situação de Violência Doméstica de Vila Velha (Cramvive); e da Gerência de Política Públicas para Mulheres de Viana também prestigiaram a ação. Também foram parceiros da exposição a Subsecretaria de Políticas para Mulheres da Secretaria Estadual de Direitos Humanos; a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura Municipal da Serra; e o Conselho Municipal da Mulher Serrana. 

Veja as fotos.