Você está aqui: Página Principal

Operação Califórnia II prende 23 pessoas em São Gabriel da Palha e Vila Valério

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de São Gabriel da Palha, em conjunto com a Polícia Militar (PMES), a Polícia Civil (PCES), e o Batalhão de Missões Especiais da PM (BME), realizou na quinta-feira (02/06) a Operação “Califórnia II”, que teve como objetivo desarticular uma quadrilha especializada no comércio de drogas ilícitas que abastece os municípios de São Gabriel da Palha, Vila Valério e adjacências. Durante a operação foram cumpridos 44 mandados de busca e apreensão e 19 ordens de prisão. Vinte e três pessoas foram detidas.

Os mandatos foram solicitados pelo MPES e expedidos pela Justiça da Comarca de São Gabriel da Palha. Ao todo, foram apreendidos dois tabletes de maconha pesando aproximadamente 1.350 gramas, 19 pedras grandes de crack, uma espingarda de dois canos, um simulacro de revólver calibre 32, munições, 129 frascos de pólvora, um papelote de cocaína, duas balanças de precisão, uma motocicleta, cheques, caderno de anotações do tráfico, aparelhos celulares, materiais utilizados para o preparo e embalo de drogas, e outros R$ 2.695,00 em espécie.

A operação teve como objetivo central coibir o tráfico de drogas ilícitas e outros crimes correlatos, tais como: porte e posse ilegal de armas de fogo, homicídios, furtos e roubos.  Participaram da força-tarefa 139 policiais, sendo 125 da Polícia Militar e 14 da Polícia Civil. Também foram empregados cães farejadores do BME, que encontraram dois tabletes de maconha que estavam enterrados próximo de uma casa. Os acusados e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de São Gabriel da Palha, onde foram realizados os flagrantes.

Dentre os detidos, está um homem acusado de ser o chefe da quadrilha. L.A.R., de 27 anos, conhecido por Japonês, vinha controlando o tráfico de drogas na região. Segundo levantamentos, parte da droga vendida por Japonês é proveniente da Bolívia. Ele também é acusado de envolvimento em crimes de homicídios ocorridos no ano de 2015.
 

* Com informações da Assessoria de Imprensa da PM-ES.