Você está aqui: Página Principal

Assassino de professora vai a júri em Linhares

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) apresenta, na quarta-feira (24/09), acusação contra Nestor Ribeiro Dantas, conhecido como "Cigano". O Tribunal do Júri terá início às 13h30, no Fórum Desembargador Mendes Wanderley, em Linhares.
 
Cigano é acusado de assassinar a professora Marcilene Cassuol em 4 de abril de 2006, caso que teve grande repercussão na cidade e em todo o Estado. A vítima tinha 23 anos e foi morta com dois tiros dentro de um veículo, onde estava com a filha, de 1 ano e 7 meses, no colo.
 
Consta da denúncia que Marcilene tentou terminar o relacionamento que mantinha com Cigano e inclusive ajuizou procedimento para este fim. No entanto, ele não aceitava a separação. Cigano queria a guarda da filha, que tinha prometido em casamento para uma outra família cigana. O acusado, de acordo com os autos, chegou a oferecer a quantia de R$ 30 mil para que Marcilene desistisse de manter a guarda filha, o que lhe foi negado.