Você está aqui: Página Principal

Operadora de telefonia ‘VIVO’ responderá por má prestação de serviços

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da 35ª Promotoria de Justiça Cível de Vitória, propôs uma Ação Civil Pública, com pedido de liminar, em face da operadora de telefonia “VIVO S.A”. A ação foi ajuizada em razão da má prestação dos serviços de telefonia móvel ofertados aos consumidores capixabas e diante da negativa da operadora em buscar soluções que pudessem minimizar os danos causados à sociedade.